Publicidade
Notícias
Economía
Cultura
Instituições e Empresas
Personagems
Links
Editorial
Documentos
Cronologías


Foros de Debate



Participe no fórum e dê a sua opinião. A opinião da Direcção está expressa na linha editorial.

Os participantes do fórum podem exprimir as suas ideias pessoais que não tem necessariamente que concedir com os temas de Guine-Bissau.com.

Dê a sua opinião sobre a actualidade nacional e internacional no fórum.
Economía  |  Política  |  Desporto  |  Religião  |  História  |  Sociedade

Ultimo Comentario: 20/02/2009 20:16:31 14 comentarios
Tema: ECONOMIA
A reformular da ideologia (politica/economica)... Rumo ao desenvolvimento
A Guine Bissau nao pode crescer com a mentalidade vigente... ... exemplo de alguns paises hoje chamados "emergentes" deixam bem claro que na Guine ha necessidade de proceder reformas profundas. O povo esta' cansado de "custear" a imprudencia dos politicos... A verdade e' que a economia deve funcionar... O pais deve render/produzir. ... exemplo de alguns paises hoje chamados "emergentes" deixam bem claro que na Guine ha necessidade de proceder reformas profundas. Inacio Ie (Economista)
Indice de Debates    A sua opinião    Proponha um debate
adulai sané   bissau   Guinea-Bissau   20/02/2009 20:16:31
apedido de bolsa de estudo.
senhor adulai sané,viuvo estudante,eu abaixo assinado,adulai sané,cidadão da guine bissau,nascido em bissau a 14 de março de 1979,portador de passaporte da rgb nºca0042259,solteiroestudante de profissão,venho por este meio,requerer que nos termos da lei e regularmentos em vigor em guine bissau,me seja concedido a um bolsa de estudo emguine bissau,porque encontrando-me na cabo verde há mais de 5 anos, para onde me desloquei a procura de um lugar para concluir a 12º ano da escola, mais não foi possivel a conseguir este lugar,é portanto a guine bissau é um pais que me acolheu de forma légal e transparente,por favor,eu estás apedir a autoridade guineense para ser consedido a um bolsa de estudo.para o fim acima indicado,com os melhores comprimentos e respeitosamente peso deferimento.obrigado.
adulai sané   bissau   Guinea-Bissau   20/02/2009 20:16:29
apedido de bolsa de estudo.
senhor adulai sané,viuvo estudante,eu abaixo assinado,adulai sané,cidadão da guine bissau,nascido em bissau a 14 de março de 1979,portador de passaporte da rgb nºca0042259,solteiroestudante de profissão,venho por este meio,requerer que nos termos da lei e regularmentos em vigor em guine bissau,me seja concedido a um bolsa de estudo emguine bissau,porque encontrando-me na cabo verde há mais de 5 anos, para onde me desloquei a procura de um lugar para concluir a 12º ano da escola, mais não foi possivel a conseguir este lugar,é portanto a guine bissau é um pais que me acolheu de forma légal e transparente,por favor,eu estás apedir a autoridade guineense para ser consedido a um bolsa de estudo.para o fim acima indicado,com os melhores comprimentos e respeitosamente peso deferimento.obrigado.
joaquim oliveira   porto   Portugal   14/12/2008 13:08:54
taxas alfandegarias
como e possivel que empresas como o nunes e irmao e outas nao paguem taxas alfandegaraias na importaçao alem de lesar a guine, nao teem sentido empresarial, e nem utilizam essa vantagem para criar riqueza na guine
joaquim oliveira   porto   Portugal   14/12/2008 13:08:41
taxas alfandegarias
como e possivel que empresas como o nunes e irmao e outas nao paguem taxas alfandegaraias na importaçao alem de lesar a guine, nao teem sentido empresarial, e nem utilizam essa vantagem para criar riqueza na guine
joaquim oliveira   porto   Portugal   14/12/2008 13:08:20
taxas alfandegarias
como e possivel que empresas como o nunes e irmao e outas nao paguem taxas alfandegaraias na importaçao alem de lesar a guine, nao teem sentido empresarial, e nem utilizam essa vantagem para criar riqueza na guine
Sambuia Caeiro Nevada   Bissau   Guinea-Bissau   20/08/2007 20:19:24
“Não Posso Mais Adiar a Palavra” – Um PRS do Dr. Koumba Yala desorganizado é sempre a maior vantagem para o nosso PAIGC.
“Não Posso Mais Adiar a Palavra” - Este é, se não me falha a memória, o título do livro do então jovem escritor e poeta da minha era Dr. Hélder Proença. É um título que, apesar de conter poemas ricos e de raro nível literário, encaixa no actual contexto sócio-intriguitsa, fascista e separatista que se vive no PRS (sob a liderança do Pedro Milaco, Alfredo Malu e não Vensã) desde há uns meses, ou seja desde a palhaçada do Congresso desorganizado Florentinamente a maneira Embalo-cunda decorrido em Novembro passado, para separar de uma vez para sempre o líder carismático do PRS com os seus verdadeiros defensores. Conheça os grandes mentores da crise que se instalou no Jovem Partido PRS: Alfredo Malu, Marcelo Malu Nabiutcha, Roberto Malu Mbetcha, Tubana Malu, Beto Malu Pinto Pereira, Vençã Malu Naluque, Pedro Malu Milaco, Gáz Malu Fernandes, Joaquim Malu Blabla Tchutchidur Batista, Lino dançarino Malú Leal, Pi Fantoche Ideólogo Malú da Costa. Eu disse, palhaçada política, porque eu vi pela primeira vez na minha vida a última geração de uma formação política, que é a Juventude, a tomar parte activamente numa ronda negocial com um Partido como o PAIGC, negociando poder com os nossos digníssimos e experimentados dirigentes. Pergunto: quais seriam os argumentos e contra-argumentos do menino e chefe de milícias (pide) Marcelino Nabita em frente negocial com os senhores Soares Sambú, Olivaz, Satu Camará, Marciano Barbeiro, Papai Danfá ou o próprio NDafa Cabi. O que sabe da negociação o Dinis Balde? Obrigado! Muito obrigado PRS pelo envio de meninos à negociação. Façam o balanço de como é que ficaram. Ganharam? Empataram? Ou Perderam? Abram a vossa cabeça e usem a matemática de Bula. Nós de Boé. Já ganhámos!Senti-me arrependido de ser manjaco. Não é por causa de complexo, mas devido a postura indignificante dos meus colegas desde tabanca até na ex-URSS de costume, onde fomos levados pela Aeroflot por onde também alguns tiveram que falhar com o curso de milícia e polícia política (PIDE) regressando com os de direito, história, politologia. O Vensã Naluque está neste momento a fazer a colocação dos seus parentes manjacos nas Direcções Gerais/Institutos, PCA das grandes empresas. Uma política de manjacarização no PRS (Instituto de Previdência Social para o Ulundo Mendes e Fernando Gomes para APGB e outros). Apesar desta tribo não ser aquela que detém o mássico voto do Partido de Koumba. Ele e o Pedro Milaco, coadjuvados pelo sambassuca Joaquim Batista Correia, estão a fazer um trabalho de desbalantarização de base deste Partido dos diabos que todos os guineenses e até a Comunidade Internacional sabe quem o vota nos escrutínio. Uma missão que nós do PAIGC não demos ao Pedro, mas merece ser elogiado ou gratificado pelo trabalho semelhança ao que tem feito contra a Madalena e Dutchy que são figuras do coração de Koumba Yalá. Ficamos muito contentes no PAIGC com a palhaçada do batráquio do Marcelino Nabita que neste momento está a alistar os nomes dos seus colegas jovens e até dos dirigentes do Partido, só pelo facto destes estão a pensar que o Partido deve unir todos os seus militantes e dirigentes (desde os que contestaram as deliberações do Congresso do meu irmão mais novo Florentino Causa de Impugnação Mendes Pereira) para o próximo embate. O menino Marcelino, com bolsos cheios, não consegue reagir agora face às mesmas situações ou pior ainda que anteriores onde tagarelava quase todos os dias nas rádios. Isto é que lhe faltava. Agora está em direcção a se candidatar a todo o custo com os seus colegas milícias na lista de deputados. Por isso quer substituir os impugnadores nos lugares de líderes de bancada, comissão especializada da ANP... Hoje estes vieram complicar a cabeça de Koumba, que aparece afinal de contas um líder fraco, ao ponto de ser aproveitado por um homem-camaleão que precisa de ser levado pelos ombros para poder chegar ao seu destino, sobretudo no que toca com o meu parente e sobrinho de afinidade Luisinho Ulundo Mendes, embora carrancudo e rebelde. Este jovem que já tem acordo e juro com o Pidrinho Milaco! “Fiança quebra kudjer!” O PRS precisa saber se o Senhor Pedro Milaco, actualmente Ministro da Solidariedade Social e função Pública e Trabalho, irá cumprir as orientacoes dos órgãos do Partido. Quando vinha da UAC, onde lecciono, e de passagem pelo passeio, em frente da Sede do PRS em Belém, um grupo de jovens estavam revoltados, falando ao tom revolucionário, até em sequestro, por saberem que seria o Eng.º Ulundinho Mendes a reconduzir no Instituto de Previdência Social em detrimento da mulher do Dutchy que o PRS escolheu através de uma reunião que durou muitas horas. Este jovem que o Pedro Milaco jurou defender em Conselho de Ministros, mesmo à revelia da decisão dos órgãos do Partido, alegando que o Koumba Yalá é que lhe instruiu fazer isso, desobedecendo as deliberações do órgão do Partido numa reunião presidido pelo Presidente que o próprio Koumba confiou e delegou poderes; reunião também presenciada pelos membros do referido órgão. Se é verdade que o Pedro está a cumprir a ordem do Koumba a partir dos Marrocos é por que o PRS não decide colegialmente, não valendo assim a pena ter os Estatutos, tão pouco os próprios órgãos.Segredos do Ulundo já temos aqui no nosso PAIGC. Estamos pouco a pouco a juntar elementos da envolvência do senhor Pedro Milaco para a campanha. Pelo menos o nosso sindicado já nos informou do mistério do dinheiro da Previdência Social para a viagem à Suíça. Pedro Milaco – Ulundo Mendes, uma história para contar. Coitado dele; recente na governação, bem mergulhado na corrupção e desvio de milhões a enganar o Koumba com a história de regresso do Secretário Geral do PRN para o PRS. Um Pedro Milaco que tem aproveitado da inocência e imaturidade dos jovens como Marcelino Nabitã e o oportunismos de bindin mbindiu do djila-bá do Alfredo Malu, como único portador do contacto do vosso leader Koumba, meu amigo, metendo estes jovens na sua corrida em velocidade de camaleão pendurado no rabinho para chegar à meta. Fiquei contente em saber que o PRS actual realmente não faz política para alcançar e durar no poder. Já agradecemos e pagamos o Sory põe ter nos vendido os 2 ministérios, deixando o PRS em posição de desvantagem em relação ao nosso grande PAIGC, temos conhecimento de que alguns de vocês estiveram envolvidos na negociata, até mesmo o milícia (pide) Nabiótcha Nabita, porque o Vença estava impedido de entrar no negócio embora queria, razão pela qual traiu o negócio, o que para nós do PAIGC não é nada. Só sabemos que o nosso Pedro Milaco está aí bem infiltrado, a gozar de uma alta posição para estudar melhor o desorganizado PRS. Embora estando o mesmo neste momento a proteger meramente os seus interesses pessoais que se residem nos bolsos do meu sobrinho Ulundo Marinha Telecom Carinhas Mendes Na Tchutu. O Pedro Milaco fez muito bem por ter presumido que a Dra. Madalena não estaria envolvida no banditismo de Bula, não a quer nomear a todo o custo, argumentando muito bem de que essa pertencido à família badia, da qual ele Peter não tem nada a ver. A Dra. Madalena, por acaso, é uma mulher sempre firme, fiel inabalável pelas turbulências, mesmo do tipo do nosso enviado Pedro Milaco Substituto do Beto no ombro de Koumba. Mulher que até comparamos com a nossa diva viva Satu Camará, que tem dado as grandes aulas políticas no Parlamento. A senhorita Madalena embora tivesse mantido serena e nunca quis revelar que o Pedro Milaco é um meio-homem coxo e débil mental. Nunca mostrou que o Pedro Milaco infiltrou-se a mando do nosso grande Partido PAIGC dentro do PRS para recolher informacoes e executar o nosso plano de dividi-lo, principalmente separar o Koumba do Artur Sanhá. Para quem quiser provar que pergunte ao Pedro Milaco quem é o senhor Artur Sanhá para o PRS. Nha ermons bô abri udju na cabessa, ami i di lá di Pantufa. Quem quiser saber bem melhor dos segredos entre o Pedro Milaco e o Ulundum Mendes que faça o favor de se dirigir ao sindicato, no meu gabinete lá em cima. Pedro, política é política, amigo de lado. Pedru Milako: Nês purmeru fasi, no mandau inda son pa bai kria Fundasson di Kumba dentru di Partidu, pa pudi rebenta ku elis, porqui nô danal dja ku si Artur, úniku firkidja di ki Partidu. Pedro, não se esqueça que você é bem pago para não permitir, de forma alguma que haja reconciliação no seio do PRS. Temos boas informações de que você é uma das pessoas que contribuíram para abortar a viagem dos impugnadores para Marrocos, homens fieis do regime do Koumba. Este é um bom trabalho que estás a fazer. Mas continue com os paços a seguir: a Fundação dentro do Partido. Porque eles não sabem interpretar o que significa a Fundação. Também elogiamos os teus esforços para impedir que o economista, gestor e diplomata Dr. Malam Mané fosse nomeado Ministro das Finanças, pois era uma enorme preocupação do Hélder Proença se esse fosse, porque é um grandíssimo quadro, conhecedor do sistemas de nacoes unidas, tendo passado pelo PNUD, OMS e sempre foi quadro dos Negócios Estrangeiros que, por duas vezes foi nomeado pelo Koumba Yalá como membro de Governo. Também não deixa nunca que o fundador José de Pina (Dutchy) seja nomeado como Ministro da Administração Interna na próxima remodelação do governo, porque ele é um homem que, apesar de crítico, é muito próximo do barrete vermelho e poderá complicar o nosso PAIGC nos próximos embate, pois é um grande político e verdadeiro ideólogo capaz de revolucionar e controlar muito bem aquele Ministério para o bem daquele Partido PRS. Ma, Pedru, tarbadja suma Fernando Gumis di APGB. I bai dja té Marroco, i fasi bom tarbadju. Ali incantua elis Nabiótcha Nabita ku Alfredo Malu pa six tempu na Purtu, até próssimu rekumendason di Hélder Proença. Tambi, i leba dja um karinha di génerus i ku dinheru pa kassa del homi garandi di Marrocos ki ta fala djintis kuma i ka kurruptu, ma ista rodiadu di kurrumpidus gora. Suma Lino Leal i dinós. I odjadu dja na televison na badja pa nós. Vensã Naluque, kila ka sibi inda ké ki pulitika di Bissau. Gossi nô pui alguin na ki ala radikal cosnervadur di PRS di Nambeia ku Sola. No randja dja un fatu nobu pa Tibna, joven muitu djiru. Embora nô Hélder avisanu, ni i ka tarda, kuma jovens di PRS tona vira mais tudu sê speransa na Artur Sanhá, ma é biás no na fitchal pa manga di tempu, ó no fassil suma Silvestre Alves. Pabia nô pensadur garandi Hélder Proença falanu kuma és i úniku manera ku nô pudi robal ki chepeu burmedju pa nó pudi pul sumbia di Cabral, pabia nin Cadogo ku Bacai ka tene sintidu di Cabral. É ka pudi rastanu pa leba diani. Kussa dén dimas, ma i bardadi ku Kofi Annan konta ba di kuma Guvernu di Transisson dibidi kontinua ba pa País pudi sai na krisi, pabia di tarbadju certu ku el Artur na fassi ba. Pa Deus djudanu ba konsigui djundal. I na sedu festa toki sol mansi, pabia kila na sedu fin di PRS.
Nduba   Brasil   Guinea-Bissau   08/02/2007 15:22:35
Industrialização como saída do desenvolvimento
A nossa pátria querida guiné é um país tão abençoado pela natureza,mas que é mal aproveitado pelos nossos dirigentes. A guiné tem solução é só pensarmos estrategicamente e planificarmos. O país precisa de pessoas capazes e ñ de ladrões e mendigos que usurpam o poucos q a comunidade internacional nos ajudam. Precisos definir estratégias de desenvolvimento, estabelecendo prioridades no investimento, a levar em conta a nossa potencialidade de recursos e insumos, como tambem a mão-de-obra. Como se sabe q um dos fatores de desenvolvimento de um país é justamente a garantia de energia électrica, uma vez q a guiné tem essa capacidade actualmente, necessita de medida como fazer um estudo de viabilidade economica entre contratar a energia do país vizinho senegal, ou investir nos podres centrais tradicionais. Estou convencido de q a primeira alternativa seria mais viável, isto é uma estratégia universal que muitos países adotam, a exemplo do Brasil que faz isso com gás em aprceria com a Bolívia. Hoje o governo tem que deixar de orgulho e começar a acreditar nas relações de visihança. Portanto ao garantir a energia, pode-se obviamente iniciar o processo de incentivo a implantação de indústrias, porque só com industrialização um país se desenvolve. Onde estão nossos engenheiros, nossos agronomos que devem auxiliar nos projectos de desenvolvimentos industrial e agricula. A agricultura é um meio de saída para o país, uma vez que a natureza nos proporciona meios que facilitam a irrigação, portanto é funadmental que se pense em investimentos nesste sector. Irmãos "no junat mom" para tirar o país da miséria alarmante com que se encontra. Basta viver de ajudas. Um abraço a todos.
Anonimo   Kent...UK   Guinea-Bissau   16/12/2005 13:01:25
Arrogancia .
E' triste ver e ouvir os comentarios feitos por um ministro de um Governo ilegal sobre as ultimas esmolas provinientes do FMI. Uma conduta extremamente de ma' fe', muito arrogante,e que ate parece que a oferta saiu dos bolsos do sr Nado! . O pior ainda o sr Nado expoticamente afirmou que o tal fundo vai ser usado noutras areas em curso! O Sr ministro sabe muito bem que houve interregno nos pagamentos dos ordenados e que estamos nas epocas festivas..que tal fugir as regras de ma' fe' e... pagar os ordenados? Nem todo o mundo tem acesso aos cofres do Estado sabia? Deixe de ser arrogante e pague os ordenados.
Rebelde   USA   Guinea-Bissau   06/12/2005 17:47:54
Fuga aos fiscos/ Resposta ao sr.Nando
1- Vc falou que "eles" deixaram 3bil.cfa no cofre do estado! O melhor seria "deixamos" essa quantia no cofre!Ainda bem que o ex-executivo teve coragem de o mencionar a valor deixado nos cofres antes do empossamento inconstituicional do actual executivo. 2- Falou do defice de 5bil.cfa actualmente existente...gostava que falasse das fugas fiscais praticados ainda a serem praticados Ha'quem paga e ha'quem esta' isento 3- quando ha' contratos com funcionarios tem que haver uma boa gestao economica e tem que haver pagamentos dos ordenados em dia factos que nunca foram executados desde os anos 1980. 4- reduzindo taxas impostos exclusivamente para aqueles que os pagam e as reformas faz a economia crescer.....sem duvidas nenhumas. O problema que esta' aqui agora e'do incumprimento das normas legais em todos os sectores economicos praticados pelos chamados donos da Guine'...Fugas aos fiscos, abusos de poderes etc etc.
Bartaba   Kent...UK   Guinea-Bissau   01/12/2005 23:37:26
Produtividade em dois turnos
Sr primeiro ministro e....se o e'! Digo isso porque tenho muitas reservas a constituicionalidade que o empossou. Mudando do assunto. De acordo com a filosofia economica quem produz ganha o poder de compra, e o poder de compra e'so' ganho quando se paga os ordenados..Ora o sr. sabe muito bem que 99% do activos funcionarios depois do trabalho, para comer, tem que ir desenrrascar(DUBREAR) duma maneira ou outra.Ora o sr vem ai' agora com essa ideia de dois turnos praticamente escravizando os funcionarios. Ha' quem come sem turnos nenhuns, ha quem recebe os ordenados isentos de fiscos e sem turnos..o problema que esta aqui nao e'falta de produtividade..E' falta de pagamentos dos ordenados.! A Guine tem e da' para todos. Uma boa gestao boa reforma, e um bom cumprimentos dos nossos deveres como liders dou-lhe a minha palavra de honra que a Guine' da' e sobra. PS: Ultimo dados: Taxa de desemprego ronda os 30% Inflacao 75%. A produtividade sem poderes de compra o estado jamais crescera'
John   USA   Guinea-Bissau   30/11/2005 14:43:51
Recados ao sr. Angolano
Houve vc.devia mais e' preocupar-se com o problema de Angola que e' rica e o indices da pobreza, mortalidade, e' superior a os da Guine-Bissau. A nossa terra e' pequena mas ninguem esta' morre de fome esta'? Monron!
Angolano   Coimbra   Angola   07/11/2005 17:35:39
Que verganha
Primeiro é k idada escreve-se com I e ñ com o E como vocesa escreveram.Segumgo: enquanto vocês ñ deixarem de ser "escravos" pão mandados nunca vão conseguir se desenvolver.Seguem o nosso exemplo: sejam, voces mesmos o resto é conversa. fuiiiiiiiii hahahhahahahaha
Zanira Paralta   Bissau   Guinea-Bissau   12/09/2005 14:12:52
Responsavel de Programa Humanitario
Factos: 1.mais de 65% da população da Guiné Bisaau é jovem; 2.Durante os ultimos 20 anos (1980-2000)vimos desfilar nas cadeiras do poder as mesmas caras, salvo no tempo das trevas (2000 a 2004); 3.Durante todo este tempo não houve mudança efectiva, nem aumento de escolas, nem de educação, aumentou o acesso aos serviços basicos; 4.O indice de popreza e aumentou e o de desenvolvimento humano baixou. Porque: 1. Os sistemas do poder estao viciados, todos os que la estao devem muito a uns e a outros, têm os chamados "rabos de palha". 2. A administração é obsoleta, nenhuma politica de desenvolvimento pode triunfar num meio onde existe 47% de analfabetismo funcional; 3. O sistema de corupção é alimentado por si mesmo, um ciclo vicioso. Como sair disto? 1. Educação, educação e + educação. 2. Salto de dez anos na governação.Quem nao deve nao teme, so que nao têm "rabos de palha" poderao ser livre para implementar politicas de desenvolvimento. 3.reconhecer o papel dos "governantes + velhos" e dos militares "combatentes da liberdade" e indicar-lhes uma cadeira confortavel, dizendo-lhes: Por hoje chega, jà fizeram mais dos que pedimes, o amanha nos pertence, cabe-nos a nos tratar deste pais agora! 4. Todos sao validos e a todos deve ser reconhecido o seu direito a perticipar, a Guiné é de todos e não de alguns.
Abrão Yndibé   De Brasília (Brasil)   Guinea-Bissau   23/01/2005 14:00:46
A Verdade Do Povo
Guiné-Bissau só crescerá ascentuadamente em termos econômicos, apartir do momento em o nosso governo reconhecer e valorizar os recursos que temos. O governo precisa investir na agricultura e pesca. Só isso pode dar sustento a todo o Guineense. E não teria que importar arroz. O está faltando aos nossos "governantes", compromisso e amor ao próximo.
 

Guine-Bissau.com - marca registrada.
Não se autoriza a utilização dos nossos conteúdos sem prévio acordo.
BISSAU - GUINÉ-BISSAU
EDITORIAL
  LIBERDADE DE EXPRESSÃO !!
>> ELEIÇÕES 2008
>> ELEIÇÕES 2004
>> OPINIÃO
>> ANÚNCIOS
>> CORRUPÇÃO
>>  AJUDAS INTERNACIONAIS
>>  DOSSIERS
 Arduinna.org