Publicidade
Notícias
Economía
Cultura
Instituições e Empresas
Personagems
Links
Editorial
Documentos
Cronologías


Foros de Debate



Participe no fórum e dê a sua opinião. A opinião da Direcção está expressa na linha editorial.

Os participantes do fórum podem exprimir as suas ideias pessoais que não tem necessariamente que concedir com os temas de Guine-Bissau.com.

Dê a sua opinião sobre a actualidade nacional e internacional no fórum.
Economía  |  Política  |  Desporto  |  Religião  |  História  |  Sociedade

Ultimo Comentario: 17/04/2007 12:28:27 2 comentarios
Tema: GUINé BISSAU
Situação economica e politica
É com muita tristeza e vergonha que vejo a situação politica e economica do nosso país. Um país em que todos querem o poder independentemente das suas habilitações ou dos meios, um País cujo a economia é desenvolvida pelos emigrantes no exterior, pois são eles k enviam capital para sobrivivência dos seus entes, um país em que os curriculuns academicos não convergem com a intiligência dos mesmos,um país cujo uma das sua maiores riquezas é a diversificação das suas etnias, mas que alguns pseudo-intelectuais persistem divergir com objectivo de chegarem ao poder,um país em que os militares em nome dos ordenados em atraso revoltam se e matam sem serem responsabilizados, pois os nossos militares são doutorados em amnistia.Eu peço vos, se não teêm vergonha em Guiné pelo menos tenham prá nos emigrantes no exterior, pois lidamos com outras culturas diariamente e eu pelos menos já estou fart
Indice de Debates    A sua opinião    Proponha um debate
Sambuia Caeiro Nevada   Bissau   Guinea-Bissau   17/04/2007 12:28:26
Pacto para enganar o PRS outra vez
Alerta às novas manobras – à intenção dos militantes e Dirigentes do PRS O Fórum (FCD), como é sabido é um espaço político criado em 2005 essencialmente pelo PRS mais a ala dissidente do PAIGC liderado pelo Djungudur Aristides Gomes, do PUSD e mais algumas personalidades, derrubando o bárbaro regime do Senhor Carlitos Gomes. Formou-se com isso um Governo que na verdade tinha tudo ao seu alcance para apresentar ao povo da Guiné-Bissau que realmente era possível uma boa governacao. Esse fórum tinha um mandato rotativo de 2 em 2 meses por cada partido parte signatário. Contrariamente, há um (1) ano e tal que o senhor régulo arrogante e anti-democrático Djungudur nem sequer aceitou reunir o espaço que o fez primeiro ministro. Isto, por um lado, demonstra que o ideólogo e homem fiel do General NV não é inteligente, pois contribuiu com isto para complicar a presidência do seu general. Não so ele, mas sim, com os seus companheiros, têm induzido o general à radicalização de posição. Esquecendo que foi o PRS e o fenômeno Koumba que o fizeram re-entronizar neste chão sagrado que ele destruiu de 1980 a 1998 (durante 18 anos). Mas, o general deve recordar onde, como e com que autorização conseguiu aterrar como Diego Maradona na Guiné-Bissau em 2005. Deve recordar e reconhecer o tão grande favor que o PRS e o fenômeno KY o prestaram, por que se não tivesse sido ajudado, claro que o seu consócio Carlitos e Bacai ambos cruéis teriam-no retalhado. Daí que se lhe questiona: como estaria o General hoje em Conakry, uma vez que os seus bens lá foram pilhados e ele mesmo considerado persona non grata por aquele povo, por causa, talvez, do batalhão dos anguentas que nunca mais regressou à terra desde o fim de 7 de Junho. Olha eu peço as minhas sinceras desculpas ao PRS que eu julgava de fraco em termos de Partido e desorganizado estruturalmente. Mas afinal tem uma visão multifacetada, só por ter descoberto a grande finta da engenharia do general silencioso, porque: 1- Lutou o PRS, ao ponto deste perder o seu ex-Secretário Geral. Pessoa rara de encontrar na política guineense, pois esse teve que se demitir das suas funções por que a então presidência do seu Partido andava com os olhos fechados e com bolsos abertos a negociar migalhas, apertando cerco a este exímio jovem político, fiel até sempre aos princípios estatutários do partido do seu leader carismático (Cobdé Nhanca). Pelo que eu soube através de um colega que é muito assíduo daquele Partido, o Dr. Sanhá apresentou a demissão numa assembléia de um dos seus órgãos, por uma razão simples: jamais pactuaria com indivíduos arrogantes e maléficos que querem somente fazer pouco do PRS e explorá-lo, provocando a ruptura dos seus militantes dirigentes para engrossar a sua ala fascista e oportunista. 2- Lutou também e venceu o Fadul, ao ponto de não se entender com os colegas do Partido que herdou do Victor Saúde Maria (conhecedor de muitas línguas internacionais e primeiro diplomata guineense). De um lado, o Prof. Doutor FJ Fadul, na altura na qualidade de conselheiro equiparado ao Primeiro Ministro, não se deixou ser vexado com a ordem de submeter-se a despachar com o Director do gabinete do general. Os seus pen drivers foram roubados no Gabinete que tinha na presidência. De outro, houve a tentativa de denegrir a sua imagem política e humana face ao desacato da deliberação do Partido PUSD em substituir o Dr. Namoano das funções do Ministro da Justiça, no quadro do FCD, do qual o djungudur Aristides jactava não ser um PM do Fórum e, desafiou o DR. Fadul. 3- O general usou o mesmo drible, desta vez como o Gaúcho, no Congresso daquele humilde Partido, coitado! Enganando o agrônomo de diploma vermelho a funcionar contra o Partido que ele mesmo ajudou construir, jogando do mesmo modo contra a ideologia do seu líder carismático. O general ao invés de cumprir com a sua promessa de apoiar o PRS nas próximas legislativas e ajudar o Koumba nas presidenciais, limitou-se a pedir a governação de várias, criando estruturas descabidas no MAI (nomeando figuras longe do PRS e do Koumba), como se não bastasse, com a sua engenharia está neste momento a tentar arrastar para si os mais ambiciosos e menos cautelosos com o objectivo de alcançar algumas representações no Parlamento das próximas legislativas. O General merece cuspir sangue invés de salivas. É um traidor nato. Exemplo clarividente de todas as traições, foi o cumprimento da ideologia cabralista, que foi implementado mais ou menos até 1980. Na engenharia de 14 de Novembro foram marginalizados alguns dos seus colegas de boé. Ela veio também a funcionar em caso 17 de Outubro, matando valentes homens, maioritariamente da etnia balanta e, caso de Robalo de Pina. Ela abortou com o 7 de junho, por que o povo estava bem farto de sucessivos abusos que era praticado pelo seu regime. Bem, parece-me que já é chegada a hora de me militar naquele Partido, apesar de ter neste momento pessoas não tanto credíveis. Falo isto por causa do empenho do actual Secretário Geral – um rapazinho também humilde e que noutros tempos beneficiou dos meus conselhos pelo que me sinto um orgulho de ele tê-los acatado, exemplo disso, é que trabalha com boca fechada e braços abertos aos colegas que do mesmo Partido que hoje estão a prestar outro serviço com rostos fingidos da impugnação de causas perdidas. Mas também é bom que a actual Direção do PRS esteja com olhos abertos às pessoas: Dr. maquiavélico Gaspar Fernandes que este por 3 meses no Tesouro Público (com uma história tortamente contada de um montante muito medonho, uma vez que pretendo militar, com os seus mais ou menos 45 dias na Migração limitados em só despachos como se fosse um governante na mera gestão de assuntos correntes. E como se isso não chegasse, o pai do Dono dos Portos pegou no mesmo Despacho que o derrubou da Migração para o colocar como príncipe do Instituto Nacional de Comunicação guineense, como se não existisse no Partido outros quadros capazes. Por esta razão o momento exige muita cautela. O camaleão já mudou da côr, desta vez com uma mira telescópica direcionada ao próprio ministério dos Transportes com a mesma irresponsável gerência. Qual será o futuro do INPS (Inst. Nac. Previdência Social), depois do famoso acordo de “cavalo e cavalheiro” – PRS/PRN ou seja INPS versus lugar no Parlamento onde ambos votam no mesmo projecto do Fórum? Ou será que o fulano que lá está irá continuar? O Eng.º que todos os dias é visto a solidarizar com o PM na sua casa? Que futuro terá o dono dos Portos? O Patrão dos antigos dirigentes do PRS. Ou será que continuará a ser o patrão na mesma para os actuais? – é um homem de muitas cores de bandeiras que neste momento me parece que reside na Primatura e eu sei que ele ajuda a tornar a posição do 1º Ministro mais insensível. Tudo para a sua manutenção na chefia da APGB à revelia do PRS. Que tipo de militante é este homem que se apoderou de todo o dinheiro dos portos da Guiné-Bissau em nome do Partido PRS e que anda a falar nos bastidores de que não tem dom para a política mas sim sabe comprar consciências dos dirigentes ambiciosos e fracos? Homem que cometeu erros imperdoáveis (fez o que fez com INPS em relação aos trabalhadores dos Portos), desempregou para sempre todos os membros da então direção do sindicato de base e que são por outro lado militantes do próprio Partido PRS. Felizmente, a APGB é a casa que eu vivo há vinte e tal anos. Conheço-a muito bem, talvez é a razão por que não fui expulso como os outros, ou por que eu ainda não pertenço PRS. Tenho dúvida se realmente o PRS possui quadros de área? Desde há muito que mandam para aqui a túnica do fernandinho, que actualmente está copiar método do aristides djungudur para comprar a consciência de seguranças da casa do doutor. Mas, parece que desta vez não vai safar-se, por que todos eles lá herdaram a política do Koumba, principalmente o timoneiro da juventude (marcelino Nabitá). Não sei se é do conhecimento dos dirigentes e órgaos do Partido PRS de que a impugnação ganhou outros contornos graças aos dois grandes co-financiadores (o Fernandinho Gomes e o Ulunduin da Previdência Social) e que até hoje continuam a lutar ao lado do Aristides! djungudur para evitar a queda do governo. Se um dia este Partido que eu estou quase para militar conseguir a pasta da Educação, eu gostava de um aviso deixar ao seu figurino titular: tomar muita cautela com as bolsas, dando mais atenção à mártir juventude desse Partido de forma a não acontecer o que tinha acontecido no passado onde foi privilegiada a juventude da RGB, cunhados (as) dos dirigentes em detrimento da própria juventude do PRS. Ainda eu queria aconselhar aos que terão a sorte de serem nomeados ministros para que saibam acautelar durante o desempenho das suas funções, por forma a gerir de melhor maneira a coisa pública a favor da população guineense, caso contrário, eu creio que aquela juventude levantará novamente para denunciar e defender o arroz e milho cruzados. Sobre isto, eu sinto-me bem por ouvir que um tal Marcelino Nabitá é que foi finalmente nomeado chefe nacional da juventude do PRS. Embora anseio-me tanto para o conhecer! Gostava também de dá-lo mais conselhos estratégicos para poder defender com base na força da lei e razão. 20 de Março de 2007. Tchau! Sambuia
S.S     Reino Unido   01/11/2004 16:43:45
Vergonhoso
Eu ainda nao consigo digerir a informacao que li em relacao as nomeacoes que foram feitas na semana passada. E com muita vergonha que leio que aqueles individuos sao chefes de estado maior, de exercito, marinha, enfim sinto que a Guine esta perdida e os seus governantes nao se estao a mexer de folma a evitar que o pais caia num abismo!E pena, pois a Guine tem bastantes quadros que se vem "obrigados" a nao voltar ao pais.Nao ha condicoes para nos estudantes voltarmos a Guine."Que Deus nos acuda"!!!!!!
 

Guine-Bissau.com - marca registrada.
Não se autoriza a utilização dos nossos conteúdos sem prévio acordo.
BISSAU - GUINÉ-BISSAU
EDITORIAL
  LIBERDADE DE EXPRESSÃO !!
>> ELEIÇÕES 2008
>> ELEIÇÕES 2004
>> OPINIÃO
>> ANÚNCIOS
>> CORRUPÇÃO
>>  AJUDAS INTERNACIONAIS
>>  DOSSIERS
 Arduinna.org